sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Denuncie!


Para quem ama e respeita os animais, parece algo realmente inconcebível, mas a realidade é que diariamente são cometidos contra eles crimes das mais variadas naturezas e a única forma de combater essa crueldade é a denúncia.

O site Notícia Animal publicou um artigo muito importante de ser compartilhado sobre a importância da sociedade não se omitir quando se depara com a situação de um animal estar sendo maltratado.

O artigo esclarece o que pode ser caracterizado como crime de maus tratos
"qualquer ato que cause dor e sofrimento ao animal de forma desnecessária, como:
falta de alimento e água, ou oferecida de forma insuficiente;
falta de abrigo contra o sol, chuva ou sereno;
falta de isolamento do solo frio;
acorrentamento constante ou em extensão curta;
falta de higienização;
confinamento em local pequeno e sem a luz do sol;
abandono em imóvel ou em via pública;
omissão de socorro;
rinhas;
sacrifícios religiosos (pois não é considerado liberdade de crença a prática de um crime federal);
uso em rodeios de instrumentos e objetos que tragam incômodo e sofrimento ao animal;
comércio de animais que condenem as fêmeas adultas (matrizes, reprodutoras) a uma vida de sofrimento e morte;
transporte de animais de forma inadequada;
submissão a trabalho  pesado, ou manutenção sob estresse em espetáculos públicos ou particulares;
prática da eutanásia quando desnecessária e fora dos casos previstos em Lei;
tortura psicológica através da queima de fogos para este fim;
indústria cruel da carne que submete animais a uma vida de horrores, desde o nascimento ate o abate, dentre outros atos cruéis."

Segundo o artigo, "é imprescindível que as pessoas se conscientizem da necessidade de denunciar os crimes, através do registro de um boletim de ocorrência (BO) em qualquer delegacia de polícia, ou de preferência em uma delegacia especializada, se existente na cidade onde estiver ocorrendo os maus tratos." Em Campinas já existe.

A experiência da Polícia Civil enfatiza que a denúncia provoca que o agressor seja convocado a prestar depoimente em juízo, o que, muitas vezes, já tem um efeito de inibir sua ação tanto contra o animal, como contra o denunciante.

Seja a voz do animal!
Ao testemunhar um ato criminoso, denuncie!!
Esta pode ser a única chance desse animal ser poupado!..
Passe adiante!

Para ler o artigo na íntegra (vale a pena!), clique aqui.




Equipe Cão Sem Fome

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!