quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Finalistas do Concurso "Eu e meu Amigão de Estimação CSF" - VOTE!!



Olá pessoal!..

Aqui estamos para apresentar a vocês os 5 desenhos finalistas do Concurso "Eu e meu Amigão de Estimação CSF".
Escolher apenas 5 dentre todos os desenhos que recebemos foi uma duríssima tarefa, devemos dizer que recebemos desenhos caprichadíssimos, lindos, emocionantes!

Seguem abaixo os finalistas:

Beatriz Lima Pupin, 6 anos
Escola Amigos para Sempre

***

Giovana Camargo Hirga, 10 anos
Colégio Esperanto

***

Carolina Malena Sarraf, 9 anos
Colégio Esperanto

***

Julia Pulina Lustosa, 8 anos
Colégio Ranieri


***



Larissa Pricola Castelo, 9 anos
Colégio Ranieri

Para votar, basta escrever nos comentários abaixo o número do desenho que você escolheu!
A votação se inicia hoje e se encerra dia 02/10.
O resultado final das 3 vencedoras irá ao ar, aqui no blog, no dia 04/10.

Um dos grandes objetivos deste concurso foi nos aproximarmos das crianças, contar para elas como nos preocupamos e nos dedicamos aos bichos e plantar uma sementinha para que saibam da importância disto e, para quem sabe um dia, façam parte de ações como as nossas!

Nosso trabalho envolve muitas frentes, dentre elas, contribuir para a disseminação de temas relativos à proteção e aos direitos dos animais e, certamente, esta ação trouxe à tona esta conversa nas escolas, na casa de cada um, entre os amiguinhos!

Gostaríamos de agradecer enormemente a participação das escolas: Colégio Esperanto, Colégio Ranieri, Escola Amigos para Sempre, de cada família, de cada criança!

Aproveitamos para dizer que os desenhos recebidos estarão presentes em postagens, colorindo e alegrando nosso blog!
Aguardem!

Boa sorte às finalistas!..

Vote!
Participe!

Equipe CSF

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Cão Sem Fome no Max em Ação


Neste domingo a Equipe Cão Sem Fome participou do 1º Max Encontro Nacional de Apoio a Protetores de Animais.
Foi um dia inteiro de palestras dedicadas à Proteção Animal, abordando temas como:
Como conquistar ativistas nos Pet Shops
Facebook em prol das ONGs e Protetores
Eventos para divulgação das ONGS e Protetores
Blogs e Sites
O valor da Proteção para o Brasil e para o Mundo e
Adestramento





 Entre os palestrantes tivemos a oportunidade de ouvir Sheila Moura, que com sua experiência na área de Proteção Animal arrancou lágrimas da platéia e foi aplaudida de pé.
Também palestraram Marcelo Glauco do Clube dos Viralatas, que deu excelentes dicas para marketing no Facebook e Jorge Pereira do Projeto Segunda Chance, que desenvolve um trabalho lindo de recuperação de animais agressivos resgatados do CCZ.


Liliane Ferrari falou sobre a importância dos blogs como veículo de informação para as ONGS e Protetores Independentes (ói nóis aqui, galera!!), ressaltando a credibilidade dessa ferramenta que o Cão Sem Fome já usa há muito tempo para poder manter todos vocês informados sobre as nossas ações semanais.

Temos que agradecer e valorizar ações como essa, patrocinada pela Total Alimentos, fabricante das Rações Max, pela oportunidade de juntar pessoas do Brasil inteiro, unidos pela mesma causa para discutir idéias e reciclar seus conhecimentos.
Nós do Cão Sem Fome buscamos sempre aprimorar nosso trabalho, trocando informações e estando próximos a todos que trabalham para o bem dos animais. 

Essa iniciativa nos deu muita alegria, por percebermos que estamos no caminho certo!

E para fechar o nosso dia de forma mais especial ainda, a voluntária Andrea, ganhou em uma competição 200Kg de ração para o Cão sem Fome, que será distribuida aos nossos peludos.

Valeu, Andrea!!!
Ponta firmíssima, como sempre!..





Boa semana a todos!


Equipe CSF

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Nossa família cresceu!!


Temos recebido vários pedidos de ajuda e fazemos questão de checar todos pessoalmente.
No último domingo, parte da nossa equipe, Glaucia, Izilda e Elaine, visitou a D. Silvia.

Ela é uma pessoa bem humilde que mora na periferia da Zona Leste de SP.
O marido tem questões sérias de saúde e está desempregado.
Ela tem em torno de 58 cães e 10 gatos.

Apesar do espaço ser pequeno, eles estão ajeitados precariamente na lavaderia em casinhas. 
Todos castrados e com vacina em dia.
Ela tem ações que visam melhoras as condições de seus cães, promove as adoções possíveis, enfim, apesar da simplicidade e dificuldade, tem a postura cidadã que nós queremos nos protetores que ajudamos.
Os cães consomem 500Kg de ração por mês. 

Vejam algumas imagens:






O Projeto Cão Sem Fome se propôs a começar ajudando mensalmente com parte dessa ração. 
Em breve, mais precisamente em outubro, será necessária uma ação para vacinar os animais, pois a vacina está vencendo e também consultar alguns deles.

Portanto, amigos, nossa familia cresceu!
Agora somos 187!

É o Cão Sem Fome, assumindo mais uma vez o compromisso a que se propôs: 

Ajudar a diminuir o sofrimento dos animais e 
colaborar com protetores sérios que zelam por eles.

Mais peludos, mais trabalho para a gente!
Claro que contamos sempre com a força e a ajuda de vocês.
Vamos em frente, galera!

Equipe CSF

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Bazar CSF / Setembro.2012

Bom dia, pessoal!

Neste último sábado, foi realizado o Bazar em parceria com o Núcleo Assistencial Espírita Amor Divino, localizado na Mooca.

Gostaríamos de agradecer muito pela parceria, pelo trabalho voluntário que cooperou com mais esta ação, a todos que doaram itens e aos que adquiriam produtos!..




Que tenhamos todos uma ótima semana!


Equipe CSF

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Concurso "Eu e meu Amigão de Estimação"


Em comemoração ao Dia das Crianças que vem aí, o Projeto Cão Sem Fome está lançando o concurso "Eu e meu Amigão de Estimação".

Poderão participar deste concurso crianças de 4 a 10 anos, inscritas pela internet e nas escolas participantes!

Faz parte dos nossos objetivos contribuir para uma maior conscientização das pessoas com relação à dignidade com a qual todo animal deve ser tratado e essa conscientização deve começar em tenra idade!

Inscreva seus filhos, sobrinhos, filhos de amigos, alunos!

Atenção para as Normas do Concurso: 


*Lançamento do concurso: 12/09/2012

*Poderão participar do concurso cultural "Eu e meu Amigão de Estimação" crianças de 4 a 10 anos.

*Serão aceitos apenas desenhos realizados pela própria criança, utilizando lápis preto, giz de cera, lápis de cor e caneta hidrográfica.

*Os desenhos obrigatoriamente deverão ser feitos no papel timbrado do concurso, fornecido às crianças nas escolas e que também pode ser baixado e impresso através deste link.

*A criança deverá se desenhar junto com seu animal de estimação favorito. Este animal pode ser o da própria criança ou algum animal que ela gostaria de ter.

*O concurso será realizado dentro das escolas parceiras e pela internet.

*Os desenhos enviados pela internet deverão ser digitalizados (scaneados ou fotografados com câmera digital) e enviados até 20/09/2012 para o email caosemfome@gmail.com

*Os desenhos de alunos das escolas parceiras serão recolhidos na própria escola no dia 21/09/2012. Não serão aceitos desenhos após essa data.

*De 27/09/2012 a 02/10/2012 divulgaremos aqui no blog os 5 finalistas e abriremos para votação pública que também será feita através do blog: http://caosemfome.blogspot.com.br/

*04/10 - Divulgação dos vencedores aqui no blog: http://caosemfome.blogspot.com.br/

Serão premiados 1º, 2º e 3º lugares:

3o. Lugar:


2o. Lugar: 


1o. Lugar:


Boa sorte a todos!..

Equipe CSF



sábado, 8 de setembro de 2012

Uma chance para Rebeca (e para outros cães...)


Rebeca morava em uma casa e tinha um dono, que um dia ganhou um cachorro de raça, se desinteressou por ela e simplesmente parou de alimentá-la, para que morresse.
Vocês que acompanham o Projeto sabem que não fazemos resgates, mas quando a Protetora D Cecília pediu nossa ajuda para resgatar a Rebeca não pudemos nos omitir perante tanta barbaridade.
Trouxemos Rebeca para nosso Quintal, mas ela precisava de cuidados especiais, pois estava muito desnutrida. Tratamos Rebeca da melhor forma possível, mas nossos recursos eram escassos perante a gravidade dos fatos.

Esta é a Rebeca

Buscamos todo tipo de ajuda e hoje ela foi adotada. 
Está internada e agora realmente tem uma chance de sobreviver.

Essa história só pôde ter um final feliz devido ao trabalho conjunto de pessoas comprometidas com a causa animal.
Queremos agradecer muito:
À Fernanda, que amadrinhou a Rebeca durante esse tempo.
Às Dra Vivian e Dra Mari que foram até o Quintal consultá-la e deram os primeiros socorros.
Novamente à Dra Mari, que sensibilizada pela situação empenhou-se em arrumar um adotante para Rebeca.
À voluntária Andrea que fez o transporte da Rebeca, do Grajaú até a Clínica no Belém em pleno feriado.
E claro, à Carla, que adotou Rebeca, mesmo com a saúde debilitada.

O abandono e os maus tratos aos animais é crime de acordo com a Lei Federal 9,605/98 artigo 32, porém existe um outro tipo de crime, também hediondo, que condena milhares de animais por ano e não está prevista na lei: o preconceito.

Preconceito contra animais sem raça definida, os chamados SRD ou vira-latas, faz com que centenas deles nunca sejam adotados e passem a vida inteira em abrigos.
O mesmo preconceito infelizmente existe, até por parte de veterinários, que colocam empecilhos para internar, tratar ou socorrer um animal de abrigo.
Voluntários e protetores também sofrem esse tipo de preconceito, sendo mal atendidos em clínicas, em hotéis e pet shops, só porque trazem animais excluídos socialmente.
E em última instância, esse mesmo preconceito leva o ser humano a tomar atitudes criminosas, como essa do ex-dono da Rebeca.

Por isso, o Cão Sem Fome, hoje só tem a agradecer, a todos que desprovidos de preconceito, arregaçam as mangas para ajudar os SRD, sendo eles: bonitos ou feios; doentes ou sãos; novos ou velhos; deficientes ou não.
Essas atitudes salvam vidas e ajudam a formar uma sociedade mais consciente. Graças a essas pessoas, hoje Rebeca tem uma chance.

Muitos outros cães sem raça definida, aguardam uma oportunidade também. Se você quer um animal de estimação, adote um vira-lata de um de nossos Quintais e mude uma vida.

Todos os vira-latas são lindos, feio é ter preconceito!
Entre em contato com caosemfome@gmail.com  e conheça nossos peludos para adoção.

Alguns deles aqui:

Este é o Floquinho!
Porte médio-pequeno.
Ele foi resgatado por uma protetora após ser espancado ao se esconder numa garagem,
após ter sido abandonado em um noite fria.
Tem dificuldades para estar com outros animais, precisa ser o único animal da casa.

Esta é a Emily!
Porte médio-pequeno
Uma fofa! Super alegre!..

Esta é a Lolla!
Porte médio.
Foi acolhida na casa de campo de uma colaboradora do Projeto, mas por ser uma casa que fica vazia durante a semana (apesar de ter se armado um esquema para ela ser alimentada todos os dias), a Lolla vive escapando (e tem sido resgatada de volta por vizinhos) e precisa urgentemente de um lar onde possa ter companhia constante.
Extremamente dócil e obediente.


Equipe CSF


segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Acumuladores x Proterores


 

O Cão sem Fome recebe sempre pedidos de ajuda e fazemos questão de checar todos eles pessoalmente. Esse domingo atendemos à um chamado de Protetores em dificuldades, na cidade de Guarulhos. Após visitas a quatro lugares diferentes, infelizmente o que pudemos certificar é que não havia “Protetores” e sim “Acumuladores de Animais” nesses locais.

A Acumulação ou Hoarding é considerada uma patologia psiquiátrica da ordem dos transtornos obsessivos compulsivos, que tem atingido milhares de pessoas no mundo inteiro e se caracteriza pelo acúmulo excessivo de coisas e/ou animais, negligenciado outras áreas da vida como familiar, social, profissional e até o autocuidado básico. 

Os Acumuladores de Animais podem ser caracterizados como alguém que junta um grande número de animais em sua casa, sem conseguir cuidar adequadamente de todos, pois não basta amor, os animais precisam de cuidados com a sua saúde (tanto física quanto emocional) e alimentação adequadas.

Em alguns casos mais graves, esses Acumuladores vivem em péssimas condições de higiene, com fezes e urina espalhados pela casa, animais doentes e às vezes até mortos. Eles não têm a percepção de que tal situação é inapropriada e insalubre, além de não parecerem incomodados com isso. Acumuladores não conseguem evitar pegar mais animais, por mais superlotada que esteja sua casa, pois acreditam que o animal estará melhor com eles do que na rua. Também apresentam um apego excessivo aos bichos e têm dificuldades em doá-los, ou até de aceitar ajuda de outras pessoas. Suas intenções são boas, mas não percebem que sua atitude é prejudicial a todos.

Todo acumulador de animal precisa de ajuda psicológica, mas antes de tudo precisa admitir que há o problema para que este seja resolvido, mas mesmo assim, não há uma maneira fácil de ajudar quem enfrenta este tipo de distúrbio.

Entretanto, devemos tomar cuidado para não considerar como Acumuladores todas as pessoas que têm muitos animais. Existem muitos protetores e abrigos que possuem um número grande de animais, mas que não caracterizam “Acumulação”. Nesses casos, os animais são tratados adequadamente, alimentados, mantidos em boas condições de saúde, castrados, vacinados, vermifugados e disponibilizados para adoção. Para esses Protetores cuidar dos animais é parte de seu trabalho ou vocação. Quando eles não conseguem manter o mínimo de estrutura para esses animais, os Protetores buscam ajuda e aceitam intervenções principalmente para a doação dos animais que tem potencial para tanto, portanto a situação precária desses Protetores não compromete, nem coloca em risco a vida do cuidador e dos animais, mesmo porque eles desenvolvem uma visão de cidadania responsável para com os bichos que acolhe.



*Imagens de um dos locais visitados por nossa equipe

 O Projeto Cão sem Fome não ajuda Acumuladores de Animais, por entender que são casos patológicos que necessitam de uma estrutura adequada de auxílio, que nós não temos: Primeiramente ao acumulador, através de tratamento psicológico e orientações de saúde; De espaço, com reformas na moradia e adequação à quantidade de animais que abriga e um atendimento aos animais que na maioria das vezes precisam ser retirados desse local, tratados e doados. 

O comprometimento do Cão sem Fome é acima de tudo com o bem estar do animal e não compactuamos com nenhum tipo de acolhimento que o comprometa, em dois locais, porém deixamos ração para os animais, como uma doação esporádica.

Apoiamos o trabalho de Protetores sérios, que têm também muitos animais, mas que querem melhorar a qualidade do seu trabalho e estão abertos às nossas intervenções, priorizando sempre o acolhimento com dignidade.
 
O mais importante: Não generalize! 
Antes de julgar se uma pessoa é um Acumulador de Animais ou não, primeiramente analise as condições dessa pessoa e a postura cidadã da mesma. A linha entre os dois é muito tênue, mas faz toda a diferença.


Equipe CSF