segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Acumuladores x Proterores


 

O Cão sem Fome recebe sempre pedidos de ajuda e fazemos questão de checar todos eles pessoalmente. Esse domingo atendemos à um chamado de Protetores em dificuldades, na cidade de Guarulhos. Após visitas a quatro lugares diferentes, infelizmente o que pudemos certificar é que não havia “Protetores” e sim “Acumuladores de Animais” nesses locais.

A Acumulação ou Hoarding é considerada uma patologia psiquiátrica da ordem dos transtornos obsessivos compulsivos, que tem atingido milhares de pessoas no mundo inteiro e se caracteriza pelo acúmulo excessivo de coisas e/ou animais, negligenciado outras áreas da vida como familiar, social, profissional e até o autocuidado básico. 

Os Acumuladores de Animais podem ser caracterizados como alguém que junta um grande número de animais em sua casa, sem conseguir cuidar adequadamente de todos, pois não basta amor, os animais precisam de cuidados com a sua saúde (tanto física quanto emocional) e alimentação adequadas.

Em alguns casos mais graves, esses Acumuladores vivem em péssimas condições de higiene, com fezes e urina espalhados pela casa, animais doentes e às vezes até mortos. Eles não têm a percepção de que tal situação é inapropriada e insalubre, além de não parecerem incomodados com isso. Acumuladores não conseguem evitar pegar mais animais, por mais superlotada que esteja sua casa, pois acreditam que o animal estará melhor com eles do que na rua. Também apresentam um apego excessivo aos bichos e têm dificuldades em doá-los, ou até de aceitar ajuda de outras pessoas. Suas intenções são boas, mas não percebem que sua atitude é prejudicial a todos.

Todo acumulador de animal precisa de ajuda psicológica, mas antes de tudo precisa admitir que há o problema para que este seja resolvido, mas mesmo assim, não há uma maneira fácil de ajudar quem enfrenta este tipo de distúrbio.

Entretanto, devemos tomar cuidado para não considerar como Acumuladores todas as pessoas que têm muitos animais. Existem muitos protetores e abrigos que possuem um número grande de animais, mas que não caracterizam “Acumulação”. Nesses casos, os animais são tratados adequadamente, alimentados, mantidos em boas condições de saúde, castrados, vacinados, vermifugados e disponibilizados para adoção. Para esses Protetores cuidar dos animais é parte de seu trabalho ou vocação. Quando eles não conseguem manter o mínimo de estrutura para esses animais, os Protetores buscam ajuda e aceitam intervenções principalmente para a doação dos animais que tem potencial para tanto, portanto a situação precária desses Protetores não compromete, nem coloca em risco a vida do cuidador e dos animais, mesmo porque eles desenvolvem uma visão de cidadania responsável para com os bichos que acolhe.



*Imagens de um dos locais visitados por nossa equipe

 O Projeto Cão sem Fome não ajuda Acumuladores de Animais, por entender que são casos patológicos que necessitam de uma estrutura adequada de auxílio, que nós não temos: Primeiramente ao acumulador, através de tratamento psicológico e orientações de saúde; De espaço, com reformas na moradia e adequação à quantidade de animais que abriga e um atendimento aos animais que na maioria das vezes precisam ser retirados desse local, tratados e doados. 

O comprometimento do Cão sem Fome é acima de tudo com o bem estar do animal e não compactuamos com nenhum tipo de acolhimento que o comprometa, em dois locais, porém deixamos ração para os animais, como uma doação esporádica.

Apoiamos o trabalho de Protetores sérios, que têm também muitos animais, mas que querem melhorar a qualidade do seu trabalho e estão abertos às nossas intervenções, priorizando sempre o acolhimento com dignidade.
 
O mais importante: Não generalize! 
Antes de julgar se uma pessoa é um Acumulador de Animais ou não, primeiramente analise as condições dessa pessoa e a postura cidadã da mesma. A linha entre os dois é muito tênue, mas faz toda a diferença.


Equipe CSF

3 comentários:

  1. Realmente a linha é muito tenua. Tem muitos protetores por ai que gostam de passeatas, eventos...etc mas não coloca nem água pro cão de sua casa. Tem muito acumulador de cachorro que se entrega totalmente a causa e não participa dos eventos pq se dedica integralmente aos animais.

    ResponderExcluir
  2. Tem muitos protetores por ai que adotam filhotes e quando os mesmos começam a crescer e dar trabalho, soltam na casa dos acumuladores.

    ResponderExcluir

Comente!