quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Em busca do Adotante Ideal


Muito se fala na psicologia canina sobre o "cão ideal", mas nós do Projeto Cão sem Fome buscamos muito mais que isso, buscamos o "adotante ideal". Acreditamos no respeito, na segurança e no carinho e temos certeza que isso sim, torna um cão "ideal" aos nossos olhos. Não existe o "cão mau" existe o cão que aprendeu a ser mal tratado. Nossas protetoras resgatam esses cães diariamente, cuidam de sua saúde e resgatam sua confiança.
Nossos filhotes são fruto do descaso e do abandono, são cadelas prenhas abandonadas, caixas com filhotes encontradas nas ruas, pois todos os cães do Projeto são castrados e vacinados.
Para adoção é necessário ter tempo disponível para educar um cãozinho, ter espaço adequado em casa e ter consciência que um bebê irá chorar nos primeiros dias até adaptar-se a família.
Tomar uma decisão de adotar um cão é doar o seu coração para um animalzinho abandonado nos próximos 15 anos de sua vida, então é necessário muito mais que comprometimento, é necessário muito amor e responsabilidade.
Paciência é a palavra chave nessa fase, um cão dos nossos Quintais está habituado a conviver com no mínimo 50 cães no seu dia a dia. Ir para um local diferente com pessoas diferentes pode deixá-lo assustado nos primeiros dias e é preciso atenção e carinho nessa fase. Respeite esse momento do cão, seja delicado nas brincadeiras e nas carícias, ele precisa aprender a confiar em você, pois sofreu e foi abandonado por pessoas, ás vezes é difícil confiar nelas novamente.

Algumas pessoas ao adotar esperam que o cão goste delas imediatamente, pelo simples fato de estarem dispostas a adotá-lo. Nossos cães não vivem em abrigos abandonados, eles tem uma Protetora que cuida, dá amor e carinho diariamente. Eles são muito gratos e apegados a essas Protetoras que os salvaram, portanto é você que terá de conquistá-lo.
Já tivemos experiências ruins principalmente com filhotes, que por pularem ou arranharem crianças são devolvidos. Para nós isso é inadmissível. Preferimos não doá-los, pois nossa intenção não é  “nos livrar" de nossos cães e sim a busca pela posse responsável, onde dono e cão construam uma relação de amor e amizade mútua.

Se você tiver crianças em casa pense que terá que ensinar primeiro o seu filho, a respeitar e amar esse cão.
Um cão não é um bicho de pelúcia, tem sentimentos e precisa de um lar amoroso e responsável e um lugar no coração de quem está disposto realmente a amá-lo.
Adotar um cão é muito mais que alimentá-lo e dar abrigo, é cuidar de sua segurança, saúde bem estar físico e emocional. Pense que você terá que cuidar desse animal quando ele ficar doente e quando ficar velho. Lembre-se que ele mudará totalmente sua rotina. Você precisará arrumar tempo para ele, reorganizar suas viagens de férias, incluí-lo nos programas de domingo e no seu orçamento.
Nosso lema é a busca de um dono comprometido, porque  dono ruim os cães já tiveram.
Se ao ler tudo isso acha que realmente está preparado para adotar um cão e ser capaz de amá-lo incondicionalmente, parabéns você estará pronto para ser um ADOTANTE IDEAL!

Rose Zacardi
Responsável pelas adoções do CSF




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!