quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O que é Conscientização?

Quando se fala em conscientização qual é a mensagem que estamos tentando transmitir?
As pessoas acreditam que é um assunto para poucos ou apenas para os que estão envolvidos em alguma causa.
Na realidade é muito mais que isso! É uma questão de educação: Muitos pensam apenas em "TER" esquecendo-se completamente do "SER".
Ser um cidadão consciente é algo que se aprende desde criança, com o incentivo da escola, mas principalmente dos pais.
Criar um cidadão consciente é mais do que abraçar uma causa social, é educar uma criança que tenha como princípio o amor e o respeito seja ele pela natureza, animais e sua própria espécie.
A criança que respeita e se solidariza com o sofrimento de um animal é uma criança que se torna mais humana, gentil e solidária ao mundo como um todo.
Valores como esses parece que se perderam em nossa sociedade que prioriza vídeo games de última geração, celulares e marcas famosas.


Uma criança que aprende, que se é feliz comprando um cão e se não for do seu agrado abandona ou troca por outro sem o menor problema, está aprendendo que tipo de valores?
Como pais, que tipo de adultos estamos deixando para o futuro? Pessoas insensíveis que se importam apenas com seus próprios umbigos, ou pessoas que querem fazer a diferença para um mundo mais justo e solidário?
É hora de pensar sobre o assunto...

 

Rose Zacardi

Psicopedagoga e

Responsável pelas adoções do Projeto Cão sem Fome
 
 

Além da família, a escola também tem papel fundamental para a formação da criança.

Discutir a questão da cidadania e falar sobre posse responsável dos animais de estimação é papel da escola, mas a melhor forma de educar é através de exemplos.

Do que adianta a escola fazer tudo isso e chamar a zoonose para levar um cachorro que vivia nas dependências, ou na porta da escola?

Que tipo de postura cidadã as escolas estão efetivamente realizando?

Adotar um cão comunitário é uma ação possível, prevista na legislação, mas que poucas escolas realizam.

Incentivar a adoção é também abrir a escola para ONGS realizarem eventos de adoção, castração e palestras para incentivar a posse responsável.

Fazer Campanhas de arrecadação de jornal e doação de ração para cães carentes, é uma forma de chamar os alunos e pais para participarem ativamente desse processo.

Escola pró ativa é escola que sai da teoria dos livros e arregaça as mangas para fazer a sua parte e criar alunos mais conscientes.

Está na hora de ir além do capítulo sobre Animais Domésticos, estudado no livro e realmente falar sobre Proteção Animal de forma responsável e atuante.

Também é hora de pensar sobre o assunto...

Glaucia Lombardi

É arte educadora e coordenadora do

Projeto Cão sem Fome

 


* Desenho feito por uma criança de dez anos para conscientizar seus colegas de classe sobre a importância de adotar um cão abandonado.