sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Entenda o Resgate no Instituto Royal


Nessa madrugada ativistas invadiram o Instituto Royal resgatando de lá os animais que serviam de cobaias para vários experimentos, a maioria cães da raça beagle, que por serem pequenos e dóceis, são os preferidos dos cientistas para alguns procedimentos.
 
 

Para entender melhor toda essa história segue um breve relato dos últimos acontecimentos.

Ativistas estavam desde sábado dia 12 na porta do Instituto Royal, em São Roque, protestando contra as barbaridades que estavam acontecendo. As informações eram de experimentos dolorosos, animais mutilados a sangue frio, expostos aos piores sofrimentos.

 

O Instituto Royal, é uma OSCIP. Como OSCIP eles podem receber recursos de várias empresas e fomos informados que eles receberam 5 milhões este ano do governo Federal. Ou seja, nós também pagamos pelo que acontece lá, através de nossos impostos.
Os ativistas garantem que o Instituto está totalmente irregular. Foi feita uma  reunião na prefeitura  de São Roque, com o prefeito  e com o Ministério Público para averiguar as denúncias.
Nossa legislação é bem clara: Se existem métodos alternativos, os testes em animais são proibidos! O que ocorre, é que o Instituto Royal não é um instituto transparente, muito pelo contrário: Eles se negam a abrir as portas para vistoria, e se negam a declarar quais testes são realizados ali. Vizinhos, relatam não saber o que ocorre ali, mas contaram que já reclamaram algumas vezes pelo barulho que os cães fazem…“Eles gritam, choram…”
Paralelamente a tudo isso o movimento cresce no facebook e nas redes sociais.
 
 
Uma reunião estava marcada para o fim da tarde desta quinta-feira, com a presença de ativistas dos direitos dos animais, funcionários da prefeitura e representantes do laboratório. O encontro foi cancelado porque a empresa informou que, por segurança, não mandaria um representante.
 
Estava marcada também para sábado dia 19 uma grande manifestação pacífica as 10 horas da manhã em frente ao Instituto Royal, mas esta noite os ativistas foram surpreendidos por uma armadilha. Após o cancelamento da reunião, o Instituto estaria removendo os animais e assassinando alguns cães. Cansados de esperar pela justiça, os ativistas invadiram o Instituto e tiraram de lá os animais.

 

 

Sem nenhuma organização, agindo apenas pela emoção e senso de justiça, apelos surgem em todas as redes sociais e cerca de 150 ativistas invadem o Instituto retirando os cães.
A policia tenta conter a multidão sem êxito e começa então, cenas de resgates que comovem e com certeza fazem história.
Como Protetores de Animais não podemos deixar de nos emocionar com cães e mais cães sendo retirados de suas jaulas, para a liberdade.
A polícia tenta fechar estradas e recapturar os cães e como num triller de cinema, ativistas e simpatizantes fogem, se escondem e espalham animais por todos os lados. Novamente sem nenhum apoio, sem nenhum planejamento, contado apenas com a sorte.
 



O Cão sem Fome é a favor da vida e acreditamos sim, que esse tipo de ação se faz necessária quando os órgãos competentes falham, se omitem, ou se arrastam a passos de tartaruga enquanto dezenas de animais sofrem e morrem a cada hora. Quem tem dor tem pressa! Retirar os animais de lá é o primeiro passo de uma batalha que tem de ser travada com responsabilidade por toda uma sociedade.

Temos que lutar por mudanças legislativas que impeçam lugares como esses de continuarem suas atividades. Senão, fechamos São Roque e pipocarão Institutos similares em outras cidades.

Segundo, esses animais estão doentes! Contaminados com vírus ou veneno: torna-se necessária uma ação efetiva para conhecimento dos protocolos e das fichas de cada animal. O controle biológico da empresa, tem que ter uma numeração para cada animal e o que nele foi usado, até mesmo para saber o resultado do teste utilizado. Adotar um animal desses tem de ser um ato consciente. Ele vai inspirar cuidados! Ele precisa de uma avalição feita por um veterinário competente e isso gera custos.

Alguns podem ser dependentes de drogas e sem os cuidados necessários podem morrer também. Outros podem ser portadores de doenças contagiosas. Estamos falando de animais que precisarão de cuidados especiais.

E, aonde foram parar esses cães? Esperamos que as pessoas que os resgataram tenham essa consciência e esse cuidado.

Há relatos de pessoas distribuindo cães para “quem quisesse levar”. Isso pode matar tanto quanto as atrocidades cometidas pelos monstros do Instituto, pseudo-cientistas.
Para evitar a ação de oportunistas, NÃO COMPRE BEAGLES!
 


Outro ponto importante é saber o nome das empresas que contratam os serviços da Royal, assim como seus produtos. A única maneira de vencer o capitalismo selvagem é restringir a circulação de suas mercadorias. Publicar a lista destes produtos e não COMPRAR! Será que essas empresas se orgulham de estar patrocinando essas matança? A Proteção Animal QUER VER A CARA DESSA GENTE. E quer que a sociedade cobre dessas empresas, uma política sócio responsável sim. Para nós, empresa que financia teste em animais é tão culpada quanto o Instituto. Vamos boicotar e fazer doer no bolso de cada uma o sofrimento dos nossos animais?


E para citar o óbvio: Precisamos de uma justiça séria e de legisladores competentes. O resgate dos beagles, que pode ser condenado como invasão de propriedade, roubo, ou “terrorismo” como algumas matérias se referem nas redes sociais, não é nada além do reflexo da falta de justiça, de leis morosas, políticos corruptos, juízes e delegados omissos e uma multidão de gente dentro da própria proteção animal que ganha notoriedade e holofotes sobre si, pouco se importando realmente com os animais.
É hora de nos unirmos em favor dos cães e precisamos de ajuda!
 
 

O Cão sem Fome se solidariza com todos os ativistas que mostraram a sua cara nessa guerra, famosos ou anônimos. Apoiamos sim a ação realizada, mas queremos posse responsável dos animais apreendidos e que essa seja apenas a primeira parte dessa luta.
Queremos fechar TODOS os Institutos Royal ou similares desse país e queremos saber quem são as empresas e pessoas por trás dessas atrocidades.
 
Mudança Já! A Proteção Animal está cansada de esperar. Temos forças e vamos agir.

 

4 comentários:

  1. Animais são criaturas de Deus como nós..merecem carinho e respeito.Eles sofrem.tem dor como qualquer um de nós,portanto essa ação em defesa dos cães merece aplausos.Deus está sorrindo...

    ResponderExcluir
  2. Apoiado tudo, não preciso dizer mais nada

    ResponderExcluir
  3. "Chegará o dia em que um crime contra um animal será considerado um crime contra a humanidade"(Leonardo da Vinci)

    ResponderExcluir
  4. Apoio o mudanças já e liberdade para os cães beagles e todos os animais. A escravidão de animais precisa acabar..............Essa ação em defesa dos cães merece sim aplausos. Deus está muito feliz com essa atitude de amor.

    ResponderExcluir

Comente!